Escolha o Idioma:        

Papers

Pensamento crítico sobre a Amazônia e o debate sobre desenvolvimento (Paper 379)
Autor(es): Edna Castro, Silvio Figueiredo, Sérgio Rivero e Oriana Almeida
Ano: 2018
Resumo: A Amazônia aparece frequentemente no debate acadêmico e político como uma região a ser desenvolvida e integrada ao Brasil. O sentido de desenvolvimento nesta afirmação é aquele conectado com parte das teorias econômicas desenvolvidas no século XX, qual seja, o crescimento da renda per capita no longo prazo, sem considerar os aspectos de distribuição de renda, desigualdade social e custos ambientais deste crescimento. Este artigo apresenta um breve panorama dos sentidos do desenvolvimento e os impactos dessas ideias, quer por via das concepções do estado e do capital e das políticas públicas, quer por via da ideologia do desenvolvimento, na Região Amazônica brasileira, identificando e apresentando as principais características desse processo e questionando a forma como tal processo vem se dando, tanto nos seus aspectos negativos quanto nas ações efetivas para diminuição do desmatamento e da desigualdade. A Amazônia neste trabalho é considerada como uma região de fronteira para a expansão da produção capitalista. Tal dinâmica econômica refez os fluxos de migrantes e acabou envolvendo novos segmentos da sociedade nacional, produzindo conflitos e as tensões entre a população tradicional e a frente de atividades produtivas que avança na região, tendo a mineração e o agronegócio como grandes protagonistas nesse embate. Sem atenuar quadros de pobreza, a forma específica que o desenvolvimento tomou na região continua impondo sua dinâmica na região em relação complexa com suas populações e a natureza.
Palavras-chave: Desenvolvimento. Amazônia. Fronteira. Impactos. Pobreza.
Abstract:

The Amazon region often appears in the academic and political debate as a region to be developed and integrated to Brazil. The meaning of this kind development is that connected with part of the economic theories developed in the twentieth century, that is, the growth of per capita income in the long run, without considering the aspects of income distribution, social inequality and environmental costs of this growth. This article presents a brief overview of the meanings of development and the impacts of these ideas, both through the conceptions of State, capital and public policies, and through the ideology of development in the Brazilian Amazon region, identifying and presenting the main characteristics of this process and questioning the way in which this process is taking place, both in its negative aspects and in the effective actions to reduce deforestation and inequality. The Amazon in this work is considered as a frontier for the expansion of capitalist production. Such economic dynamics have reshaped flows of migrants and eventually engulfed new segments of the national society, producing conflicts and tensions between the traditional population and the new productive activities advancing in the region, with mining and agribusiness as major protagonists in this struggle. Without mitigating poverty, the specific form that development has taken in the region continues to impose its dynamic in a complex relationship with its populations and nature.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231