Escolha o Idioma:        

Papers

Para o (re)descobrimento do ser humano. Possibilidades das ciências sociais (201)
Autor(es): Josep Pont Vidal
Ano: 2006
Resumo: O artigo expõe a evolução dos paradigmas construtivistas e a emergência do paradigma da complexidade. Nas últimas décadas, nas democracias ocidentais e nos países da América Latina teve lugar uma importante expansão e universalização das políticas públicas e sociais. Apesar dos avanços, os resultados ainda estão abaixo das expectativas. Para piorar o cenário, os efeitos das mudanças climáticas são imprevisíveis. Para alguns cientistas sociais, a degradação do meio ambiente também significa a desintegração social. Alguns sinais disso são, por exemplo, a queda na qualidade de vida das pessoas, a aparição de enfermidades psicossomáticas e o aumento da violência doméstica. Para compreender a vida cotidiana a partir de uma nova perspectiva que ultrapasse as visões etnocêntricas e técnico-burocráticas, surge a necessidade de se desenvolver outros paradigmas, que possam contemplar a complexidade dos fatos e fenômenos sociais como realizações práticas e da ação contínua dos seres humanos. O paradigma da complexidade, ainda em aprofundamento e experimentação contínua, constitui um intento epistemológico nesta direção.
Palavras-chave: Ação Humana. Ciências sociais.
Abstract:

O artigo expõe a evolução dos paradigmas construtivistas e a emergência do paradigma da complexidade. Nas últimas décadas, nas democracias ocidentais e nos países da América Latina teve lugar uma importante expansão e universalização das políticas públicas e sociais. Apesar dos avanços, os resultados ainda estão abaixo das expectativas. Para piorar o cenário, os efeitos das mudanças climáticas são imprevisíveis. Para alguns cientistas sociais, a degradação do meio ambiente também significa a desintegração social. Alguns sinais disso são, por exemplo, a queda na qualidade de vida das pessoas, a aparição de enfermidades psicossomáticas e o aumento da violência doméstica. Para compreender a vida cotidiana a partir de uma nova perspectiva que ultrapasse as visões etnocêntricas e técnico-burocráticas, surge a necessidade de se desenvolver outros paradigmas, que possam contemplar a complexidade dos fatos e fenômenos sociais como realizações práticas e da ação contínua dos seres humanos. O paradigma da complexidade, ainda em aprofundamento e experimentação contínua, constitui um intento epistemológico nesta direção.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231