Escolha o Idioma:        

Papers

A relação Estado e agricultura familiar na fronteira agrícola amazônica (164)
Autor(es): Aquiles Simões
Ano: 2002
Resumo: O texto em questão é um esforço de reflexão a respeito do desenvolvimento das relações Estado e agricultura familiar no bojo dos processos e das políticas ligadas ao projeto de colonização oficial dirigida na região da rodovia Transamazônica. A partir da reconstrução histórica nos diversos planos – o da ocupação humana, da produção agropecuária e da intervenção estatal – identifica-se cinco fases distintas, são elas: a fixação da agricultura familiar na frente de expansão; a crise do modelo oficial; o “boom” econômico; a “explosão” da atividade pecuária e o refluxo da expansão ou inversão da corrente migratória. As reflexões, ainda que preliminares, apontam para o processo de diferenciação social dos agricultores, decorrente da política de colonização na qual se reproduziram relações tradicionais de dominação. Em síntese, destaca-se a importância de se levar em conta, em qualquer intervenção de desenvolvimento, o processo no qual os agricultores e os outros agentes locais foram socializados, o que remete à compreensão da dinâmica histórica dessa região.
Palavras-chave: Estado. Agricultura familiar. Colonização. Transamazônica.
Abstract:

This text is a reflection on the development of state and smallholder farming relations within the flux of processes and policies related to the official colonisation plan undertaken in the region of the Transamazonian Highway. Based on a historical reconstruction at the levels of – human occupation, agricultural production and state intervention, five distinct phases were identified. These phases include, establishment of smallholder faming at the expansion front; the crises of the official model; economic boom; expansion of livestock activities and a reduction in the expansion, or reversal of the migratory tide. These reflections, although still preliminary, reveal a process of social differentiation among farmers resulting from a colonisation policy that reproduces traditional relationships of dominance. In synthesis it highlights the importance, in whatever development intervention, of taking into account the process within which farmers and other local agents were socialized, thereby enabling an understanding of the historical dynamics of the region.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231