Escolha o Idioma:        

Papers

A missão numa perspectiva antropológica. (081)
Autor(es): Ligia Terezinha Lopes Simonian
Ano: 1998
Resumo: O estudo das missões religiosas situa-se no âmbito da antropologia da religião, e embora seja de muito tempo que elas vêm sendo consideradas pelos antropólogos em suas análises, nem todos têm produzido o mesmo entendimento. Shapiro, (1981:130), por exemplo, afirmou há alguns anos que o interesse destes especialistas pelas missões enquanto objeto de estudo só ocorre a partir dos últimos anos setenta. Porém, a se desvendar a agenda antropológica mais detidamente, observa-se que desde meados do século passado esse interesse existe, e que, se a produção não foi inicialmente farta, ela foi ao menos capaz de apontar questões que continuam centrais (ver adiante Morgan, [1859-1862] 1959, Malinowski, 1932, 1929, e Rivet, 1931). Dentre tais questões, destacam-se as quasi sempre tensas relações entre os missionários e os antropólogos, a compreensão de que, no fundamental, as missões têm antes se constituído em agência colonial, e a valorização da documentação elaborada no contexto das missões como fonte inestimável para a produção antropológica.
Palavras-chave: Missões religiosas. Perspectiva antropológica.
Abstract:

O estudo das missões religiosas situa-se no âmbito da antropologia da religião, e embora seja de muito tempo que elas vêm sendo consideradas pelos antropólogos em suas análises, nem todos têm produzido o mesmo entendimento. Shapiro, (1981:130), por exemplo, afirmou há alguns anos que o interesse destes especialistas pelas missões enquanto objeto de estudo só ocorre a partir dos últimos anos setenta. Porém, a se desvendar a agenda antropológica mais detidamente, observa-se que desde meados do século passado esse interesse existe, e que, se a produção não foi inicialmente farta, ela foi ao menos capaz de apontar questões que continuam centrais (ver adiante Morgan, [1859-1862] 1959, Malinowski, 1932, 1929, e Rivet, 1931). Dentre tais questões, destacam-se as quasi sempre tensas relações entre os missionários e os antropólogos, a compreensão de que, no fundamental, as missões têm antes se constituído em agência colonial, e a valorização da documentação elaborada no contexto das missões como fonte inestimável para a produção antropológica.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231