Escolha o Idioma:        

Papers

Das “Cidades na Floresta” às “Cidades da Floresta”: Espaço, Ambiente e Urbanodiversidade na Amazônia Brasileira (Paper 321)
Autor(es): Saint-Clair Cordeiro da Trindade Júnior
Ano: 2013
Resumo: As “cidades da floresta” eram, até a década de 1960, as mais comuns na Amazônia. Suas características de pequenas cidades, associadas frequentemente à circulação fluvial, conferiam a elas fortes ligações com a dinâmica da natureza, com a vida rural não moderna e com o ritmo da floresta ainda pouco explorada. Além disso, tais cidades sempre estabeleceram forte relação com seus respectivos entornos e com localidades próximas. Ainda que muitas cidades venham perdendo essas características, consideradas rurais, elas não desapareceram efetivamente, e ainda são marcas fortes de algumas sub-regiões da Amazônia. As “cidades na floresta”, por outro lado, são aquelas que tendem a se articular principalmente às demandas externas da região, fazendo da floresta um elemento de pouca integração aos novos valores da vida urbana, sendo mesmo sua negação, e tida principalmente como espaço de exploração econômica. Tendo em vista esses pressupostos, o presente artigo analisa essas mudanças no processo de urbanização regional, levando-se em conta o atributo da diversidade no sentido de abordar questões atuais no âmbito regional e de enfocar particularidades urbanas no âmbito dessa região brasileira.
Palavras-chave: Cidades na Floresta. Cidades da floresta. Espaço. Urbanodiversidade. Amazônia brasileira.
Abstract:

Until the 1960s, “towns of the forest” were the most common in the Amazon region. Their characteristics of small towns and often associated to river travel caused them to create strong links with the dynamics of nature, with rural life far from modern and the forest pace still largely undisturbed. Moreover, these towns always established strong links with their respective surroundings and nearby locations. Although many towns have been losing these characteristics, considered as rural, effectively speaking, they have not completely disappeared, and are still marked in certain sub-regions of Amazonia. “Towns in the forest”, on the other hand, are those that tend to create links principally to demands from outside the region, making the forest an element of little integration with new values of urban life, their denial mainly seen as a space for economic exploitation. Based on those premises, the paper analyzes these urban changes in the Amazon and discusses the pertinence of the diversity attribute as a notion able to approach the regional dynamics today, as well as the urban particularity in that region.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231