Escolha o Idioma:        

Papers

Uma relação que se amplia: fotografia e ciência sobre e na Amazônia (196)
Autor(es): Ligia Terezinha Lopes Simonian
Ano: 2006
Resumo: A presença de imagens no contexto da produção científica remonta a tempos prístinos. Nestes termos, as pinturas rupestres em rochas e/ou as inscrições rupestres em pedras foram produzidas em conexão com o que Lévi-Strauss (1959) definiu como ‘ciência do concreto’. Com a escrita – a gravada na pedra, no papiro ou papel –, avançou-se muito quanto às técnicas e estilos acerca dos processos de produção de imagens. Ainda, ilustrou-se os primeiros livros com imagens desenhadas, ao estilo de manuscritos antigos, uma tradição que foi retomada por autores indígenas (Kumu, Kenhíri, 1980). E desde cedo, a produção acadêmica sobre a Amazônia traz imagens, como a dos naturalistas (Koch-Grünberg, [1909] 2005; Schoepf, 2000). Em meados do séc. XIX, com o advento da fotografia, consolidou-se esta tendência, o que em parte se deve ao exotismo atribuído à região, aos recursos naturais e aos habitantes.
Palavras-chave: Fotografia. Ciência. Amazônia.
Abstract:

A presença de imagens no contexto da produção científica remonta a tempos prístinos. Nestes termos, as pinturas rupestres em rochas e/ou as inscrições rupestres em pedras foram produzidas em conexão com o que Lévi-Strauss (1959) definiu como „ciência do concreto‟. Com a escrita – a gravada na pedra, no papiro ou papel –, avançou-se muito quanto às técnicas e estilos acerca dos processos de produção de imagens. Ainda, ilustrou-se os primeiros livros com imagens desenhadas, ao estilo de manuscritos antigos, uma tradição que foi retomada por autores indígenas (Kumu, Kenhíri, 1980). E desde cedo, a produção acadêmica sobre a Amazônia traz imagens, como a dos naturalistas (Koch-Grünberg, [1909] 2005; Schoepf, 2000). Em meados do séc. XIX, com o advento da fotografia, consolidou-se esta tendência, o que em parte se deve ao exotismo atribuído à região, aos recursos naturais e aos habitantes.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231