Escolha o Idioma:        

Defesa de tese à Paris 8 e Colloque international

Foi realizada no último dia 2 de dezembro de 2019 a defesa da Tese de Doutorado de Monique Delamare de Boutteville, na sala de Teses do Espaço Deleuze, na Université Paris 8, Vincennes - Saint-Denis, em Paris, França. A Tese, orientada pelo Prof. Silvio Figueiredo, diretor adjunto do NAEA e professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, e pela Profa. Katia Legeret, professora do Doctorat esthétique, sciences et technologies des arts, na universidade francesa, fez parte de um acordo cotutela entre as duas universidades, teve como título “L’art populaire en Amazonie (île de Marajo): la sauvegarde d’un patrimoine immatériel par sa réinvention artistique”, e abordou a criação de dispositivos e processos de criação artística e cultural que se relacionasse com o patrimônio cultural imaterial da ilha do Marajó, sua preservação e salvaguarda, principalmente no que diz respeito às práticas artísticas e culturais tradicionais dos moradores da Ilha, dos contadores de histórias e narrativas orais aos mestres e mestras do Carimbó, dança, música e ritmo paraense. A tese indaga sobre as condições possíveis de salvaguarda dessas práticas e da manutenção das mesmas frente aos processos econômico, político e social em que elas estão inseridas, propondo a ideia de “salvaguarda viva”. A banca da tese foi composta, além dos Professores Silvio Figueiredo e Katia Legeret, pela Professora Larissa Latif, da Universidade de Aveiro, Portugal, pela Professora Claire Joubert, da Université Paris 8, Vincennes - Saint-Denis, França, pelo Professor Fabio Castro, do PPGDSTU-Naea, UFPA, Brasil, pelo Professor André Helbo, da Université Libre de Bruxelles e pelo Professor Yves Baudelle, da Université Charles de Gaulle – Lille III, que aprovou a tese por unanimidade. Além do júri da tese, os professores Silvio Figueiredo, Fabio Castro e Larissa Latif, além de Monique de Boutteville, participaram também, nos dias 27 e 28 de novembro, do Colloque international  La médiation transartistique au musée par la recherche-création, na mesa redonda Exposer la culture de l’Amazonie au musée: Performances, écologies et actions de sauvegarde dans l’Amazonie Brésiliennenas, nas dependências do Museu Guimet - Musée national des arts asiatiques, em Paris, França.

Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231