Escolha o Idioma:        

Artigo discute hidrelétricas na região.

Hidrelétricas na Amazônia e grandes dilemas postos

à sociedade no século XX.

Este artigo procura identificar processos recentes no mercado global que sinalizam novos interesses de corporacões no uso e na apropriacao da água. As agências de desenvolvimento e os setores de mercado, de abrangência global, têm produzido documentos que revelam novos cálculos econômicos referidos aos usos mercantis dos rios. O planejalento do setor elétrico, no Brasil perfila-se nesta perspectiva, embora essa questão ainda seja pouco visível e até mesmo ausente nas agendas de pesquisa. Na Amazônia, há hidrelétricas planejadas para quase a totalidade de seus grandes rios. Com base em trabalho de campo discute-se essas questões e os impactos socioambientais a partir de caso de Usina Hidrelétrica Belo Monte, no rio Xingu que, apesar de manifestações coletivas bastante significativas no Brasil afora e mesmo no exterior, e das razoes de ordem política, social, étnica e ambiental publicizadas, o empreendimento continua sendo construído dentro de uma ordem técnica alheia, seja a todas aquelas manifestações, seja às Ações Civis Públicas interpostas pelo Ministério Público. 

Leia mais: http://www.naea.ufpa.br/naea/novosite/paper/418.

Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231