Escolha o Idioma:        

Sustentabilidade na agropecuária da Amazônia

Participação do poder público e o uso de

biotecnologias são importantes.

A pecuária na Amazônia é responsabilizada pelo desmatamento, pela emissão de gases do efeito estufa, perda da biodiversidade e alterações no ciclo hidrológico. No entanto, atualmente, existem fortes evidências indicando que o processo da atividade pecuária na Amazônia Brasileira está em transformação. As recentes quedas nas taxas de desmatamento e aumento do rebanho mostram várias modificações que decorrem da efetiva aplicação da legislação ambiental, com a maior presença governamental e participação social, consolidada através do novo código florestal brasileiro, marco legal que estabeleceu as diretrizes atuais para as atividades produtivas. Além disso, a aplicação ambiental contribuiu para tirar os produtores da insegurança jurídica estabelecendo prazos para adequação ambiental. Outro fator importante é o aumento da regularização fundiária, através do programa governamental Terra Legal. O maior controle ambiental e fundiário aliado às inovações tecnológicas, como a integração lavoura/pecuária e ao uso das biotecnologias reprodutivas como inseminação artificial (IA) e inseminação artificial em tempo fixo (IATF) tem contribuído para modernização da pecuária na Amazônia com menor impacto ambiental

Leia mais em: http://www.naea.ufpa.br/naea/novosite/paper/281

Foto: www.reporterbrasil.org.br

Fonte: CCDC/Naea

Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231