Escolha o Idioma:        

Papers

Elementos para a construção de uma sociologia ambiental (Paper 381)
Autor(es): Sebastião Aluizio Solyno Sobrinho
Ano: 2018
Resumo: Este trabalho tem por objetivo discutir as contribuições de teóricos das sociologias clássica e moderna, articulando elementos para a construção de uma sociologia ambiental. O texto se desenvolve em quatro tópicos, o primeiro analisando as contribuições Clifford Geertz e Michael Redclift, para um conceito de desenvolvimento sustentável que leve em conta as diferentes visões de cultura e subsistência entre o mundo industrializado e os países em desenvolvimento. O segundo tópico trabalha as controvérsias a respeito das contribuições dos Clássicos à questão ambiental, destacando Émile Durkheim, Max Weber e Karl Marx como fundadores de um paradigma antropocêntrico na Sociologia, cujas influencias se projetam até o nascimento de uma sociologia ambiental propriamente dita, na segunda metade do século XX. O terceiro tópico discute as contribuições da Escola de Frankfurt na constituição de uma Teoria Crítica da sociedade industrial, e os desdobramentos em Habermas e Luhman na proposição de uma democracia deliberativa, que abra espaço para novas formas de produção e uma melhor relação entre o homem e a natureza. Por fim, à guisa de conclusão, o quarto tópico destaca as lições aprendidas para o desenvolvimento teórico da própria sociologia ambiental.
Palavras-chave: Sociologia ambiental. Interdisciplinaridade. Sustentabilidade. Subsistência.
Abstract:

This paper aims to discuss the contributions of classical and modern sociology theorists, articulating elements for the construction of an environmental sociology. The text is developed in four topics, the first analyzing the contributions Clifford Geertz and Michael Redclift, for a concept of sustainable development that takes into account the different views of culture and subsistence between the industrialized world and the developing countries. The second topic deals with the controversies regarding the contributions of the Classics to the environmental question, highlighting Emile Durkheim, Max Weber and Karl Marx as founders of an anthropocentric paradigm in Sociology, whose influences are projected until the birth of an environmental sociology proper, in the second half of the twentieth century. The third topic discusses the contributions of the Frankfurt School in the constitution of a Critical Theory of industrial society and the developments in Habermas and Luhman in proposing a deliberative democracy that opens space for new forms of production and a better relation between man and the nature. Finally, by way of conclusion, the fourth topic highlights the lessons learned for the theoretical development of environmental sociology itself.

[ fazer download ]
Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231