A profa. Rosa Acevedo é uma das mais produtivas no Naea

Professora Rosa Acevedo apresenta memorial ao cargo de titular.

Refletir sobre os territórios de pertencimento de povos e de comunidades tradicionais na Pan-Amazônia, este é o ponto de partida do ensaio memorialístico TERRITÓRIO DE POVOS INDÍGENAS NA AMAZONIA VENEZUELANA FACE AOS NOVOS EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS que será apresentado pela Profa. Dra. Rosa Elizabeth Acevedo Marin, como requisito ao cargo de professora titular. A apresentação ocorrerá nesta sexta-feira, 14 de julho, às 9h, no auditório prof. Dr. Armando Mendes, do Naea. A banca será composta pelos professores titulares João Pacheco de Oliveira, Ernani Chaves, Saint-Clair  Cordeiro da Trindade Junior e pela professora titular Jane Felipe Beltrão. O trabalho de Rosa Acevedo percorre ao longo das três últimas décadas, a luta dos movimentos sociais pela apropriação coletiva da terra, que encontra obstáculos nos Estados Nacionais e nos aparatos coloniais nessa região subcontinental, além disso, questiona por que e de que forma erigem-se esses obstáculos em cada realidade específica e quais são as barreiras comuns. Essas questões têm centralidade nas investigações de Rosa Acevedo e se percebem fundamentais na agenda política geral do subcontinente, quer a formulada pelos movimentos, quer a determinada por quadros, agências da política estatal e a acadêmica.

Produtividade - A profa. Rosa Acevedo possui graduação em Sociologia pela Universidad Central de Venezuela, doutorado em História e Civilização - École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, França; pós doutorado na Université de Québec à Montreal, Canadá e no Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine (IHEAL), França. A professora Rosa Acevedo está no Naea desde 1977 e é uma das professoras e pesquisadoras mais produtivas do Núcleo, onde já orientou mais de uma centena de trabalho de especialização, mestrado e doutorado, além de ter mais 150 trabalhos publicados entre artigos e livros. Atualmente desenvolve pesquisas no projeto interinstitucional Nova Cartografia Social, com enfoque nos estudos de comunidades quilombolas. É membro do conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

Endereço: Av. Perimetral, Numero 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 +55(91) 3201-7231