Estudo analisou 20 anos de dados sobre mortalidade infantil

Artigo analisa mortalidade infantil na região Norte.

O Paper "Mortalidade infantil na Região Norte do Brasil, 1990-2010", de autoria da doutoranda Silvia Nunes e do prof. Dr. Luis Eduardo Aragon Vaca, analisa a trajetória da Mortalidade Infantil no Brasil e na região Norte do país no período de 20 anos, destacando o comportamento dos componentes neonatal e pós-neonatal. Nesse estudo, foi realizada ampla revisão bibliográfica e os dados estatísticos utilizados foram extraídos principalmente de duas fontes oficiais: o Ministério da Saúde, por meio do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC); e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa permitiu concluir que os maiores riscos de mortalidade infantil no Brasil e na região Norte, principalmente de seu componente neonatal, estão fundamentalmente associados à qualidade da atenção pré-natal; ao atendimento ao parto e aos cuidados recebidos pelo recém-nascido; fatores estes derivados do nível de desenvolvimento do país e da região. Leia o artigo completo aqui

Endereço: Av. Perimetral, Numero 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 +55(91) 3201-7231

Desenvolvido por Equilibriumweb