Escolha o Idioma:        

SIALAT 2015 começa dia 9, confira a programação

Evento do Naea discute a política e conflitos da America latina

Nesta segunda-feira, 9 de novembro, começa o Seminário Internacional America Latina: Políticas e Conflitos Contemporâneos (SIALAT). O evento tem como objetivo criar um espaço de reflexão sobre os processos que estão ocorrendo em diferentes países da América Latina, incluindo toda a grande região amazônica e Pan-Amazônia. O Seminário é realizado pelo Grupo de Pesquisa sobre Estado, Território, Trabalho e Mercados Globalizados (GETTAM) do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (Naea/UFPA), coordenado pela professora Edna Castro.

A programação foi montada para atrair o público de diversas áreas do conhecimento, com foco na interdisciplinaridade, proporcionando uma discussão entre academia e outros grupos e movimentos sociais. A programação acontece dos dias 9 a 11 de novembro no Auditório do Naea. Para conferir toda a programação acesse o site do SIALAT 2015.

Desta forma, às 9h, a conferência de abertura “A Política em questão na contemporaneidade Latinoamericana  “ será ministrada Pela professora Ana Maria Araujo, da Universidad de la Republica, do Uruguai. A professora é doutora em Sociologia pela - Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, da França. Sua última publicação foi o livro “Todos los tiempos, el tiempo”, que trata do problema da passagem do tempo , a vertigem e o seu impacto sobre a transformação de subjetividades , neste momento histórico de hiper . Ela a descreve como uma verdadeira mutação civilizacional no nível do mundo, relações de trabalho e de comunicação virtual.

No dia 11, às 10h,  haverá debate e lançamento do livro “O Brasil made em China”, de Camila Moreno, que está concluindo doutorado em sociologia pelo Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CPDA/UFRRJ). O livro é o resultado de um ano de pesquisa e análise sobre as relações econômicas e políticas entre os dois países, a partir de reflexões da Fundação Rosa Luxemburgo sobre o tema. Avalia e questiona os impactos desta relação sobre cotidianos, territórios e bens naturais, bem como o novo capitalismo advindo do “consenso de Beijing” e sua relação com o desenvolvimentismo que predomina nas políticas econômicas do país no último período.

O evento tem como público professores , estudantes, pesquisadores em geral, participantes de movimentos sociais e demais pessoas interessadas no tema. Mais informações, acesse o site do SIALAT 2015.

Endereço: Av. Perimetral, Número 1 - Guamá, Belém - PA, Brasil Código Postal: 66075-750 55(91) 3201-7231